• sybfrancisco

É ASSIM QUE ACABA, COLLEN HOOVER, GALERA RECORD

#ÉASSIMQUEACABA, #COLLENHOOVER, #GALERARECORD

Nota: 5 de 5

Um romance sobre a força necessária para fazer as escolhas corretas nas situações mais difíceis. Da autora das séries Slammed e Hopeless. Lily nem sempre teve uma vida fácil, mas isso nunca a impediu de trabalhar arduamente para conquistar a vida tão sonhada. Ela percorreu um longo caminho desde a infância, em uma cidadezinha no Maine: se formou em marketing, mudou para Boston e abriu a própria loja. Então, quando se sente atraída por um lindo neurocirurgião chamado Ryle Kincaid, tudo parece perfeito demais para ser verdade. Ryle é confiante, teimoso, talvez até um pouco arrogante. Ele também é sensível, brilhante e se sente atraído por Lily. Porém, sua grande aversão a relacionamentos é perturbadora. Além de estar sobrecarregada com as questões sobre seu novo relacionamento, Lily não consegue tirar Atlas Corrigan da cabeça — seu primeiro amor e a ligação com o passado que ela deixou para trás. Ele era seu protetor, alguém com quem tinha grande afinidade. Quando Atlas reaparece de repente, tudo que Lily construiu com Ryle fica em risco. Com um livro ousado e extremamente pessoal, Colleen Hoover conta uma história arrasadora, mas também inovadora, que não tem medo de discutir temas como abuso e violência doméstica. Uma narrativa inesquecível sobre um amor que custa caro demais

--------------------------------------------------------- Minha Impressão


É Assim que Acaba é um livro extremamente emocionante que trata sobre relacionamento abusivo, nos apaixonamos pelos protagonistas a cada página e é um livro que nos faz refletir sobre a história por muitos dias após o término da leitura, o que deixa o nosso coração apertadinho.

De cara nós já nos apaixonamos pelos protagonistas Lily e Ryle - e eu particularmente torci muito para que eles ficassem juntos, são um casal que tem sintonia e medos a serem vencidos, feridas a serem curadas e acompanhamos o desenvolvimento e amadurecimento pessoal deles no decorrer da história.

É uma história que nos faz pensar e aprender a não julgar as vítimas que estão dentro desse tipo de relacionamento, pois como estamos de fora não temos noção do que é viver nesse ambiente com medo do seu parceiro - quando será a próxima agressão, mesmo que o Ryle venha implorando pelo seu perdão e prometendo que aquilo nunca mais irá se repetir nós vemos a protagonista balançar quando tem que decidir se o perdoa ou se pede o divorcio. E a autora deixou claro que a vítima não tem sempre o mesmo perfil assim como o agressor, pois o protagonista não nos dá indícios no começo de que é um homem violento.

É um livro impactante, foi meu primeiro contato com a Collen e amei demais a sua escrita, é um livro envolvente, fluido, instigante, e no decorrer da leitura nos conectamos tanto com a Lily que sentimos a sua dor e a angústia de ter que se deparar com uma situação tão difícil e mesmo assim ficar em dúvida se vai embora ou não.

Infelizmente a violência doméstica esta tão presente em nossos dias que às vezes estamos perto de mulheres que sofrem violência e não sabemos, e é tão triste vivenciar mesmo na leitura esse tipo de relacionamento, nos destrói por dentro e imaginar que isso acontece mais e mais na vida real é terrível.

A autora abordou um tema importantíssimo e que deve ser abordado cada vez mais na literatura, recomendo para qualquer pessoa e faço o apelo para que você leia esse livro.


Lembrando que essa resenha não é minha, créditos para nossa redatora Aninha.

0 visualização