FIQUE ONDE ESTÁ E ENTÃO CORRA, JOHN BOYNE, EDITORA SEGUINTE

#fiqueondeestá #eentãocorra #fiqueondeestáeentãocorra #johnboyne #seguinte #editoraseguinte #sentapraler #spl#lidos #tbr #livros #resenha #amoler #lerévida #leitura #amorliterario #amorporleitura #igliterario #instalivros #bookgram #amorporlivro #bookstoread #viciadoemlivros #leitorescompulsivos #literatura #livrosecafe #livrosemaislivros #livrosnovos #blogliterario #amolivros


ISBN-13: 9788565765404 ISBN-10: 8565765407 Ano: 2014

Páginas: 222 Idioma: português Editora: Seguinte


SINOPSE

Alfie Summerfield nunca se esqueceu de seu aniversário de cinco anos. Quase nenhum amigo dele pôde ir à festa, e os adultos pareciam preocupados - enquanto alguns tentavam se convencer de que tudo estaria resolvido antes do Natal, sua avó não parava de repetir que eles estavam todos perdidos. Alfie ainda não entendia direito o que estava acontecendo, mas a Primeira Guerra Mundial tinha acabado de começar. Seu pai logo se alistou para o combate, e depois de quatro longos anos Alfie já não recebia mais notícias de seu paradeiro. Até que um dia o garoto descobre uma pista indicando que talvez o pai estivesse mais perto do que ele imaginava. Determinado, Alfie mobilizará todas suas forças para trazê-lo de volta para casa.


Olá pessoal a resenha da semana e do Autor conhecido pela obra que fizeram muitos chorarem ao ler e assistir a história de “O menino do Pijama Listrado”, isso mesmo John Boyne!


Antes da guerra, Alfie tinha uma família reunida e feliz com seus pais. Não precisava trabalhar, dedicava-se ao estudo e acompanhava o pai na carroça que entregava o leite diário da rua em que moravam. Mas agora o que Alfie queria era ter notícias do pai e que o pânico da guerra fosse embora das suas vidas.


Seu pai (George) se alistou para a guerra ainda quando o recrutamento não era obrigatório. Deixando a mãe de Alfie (Margie), desolada e sua vo enfurecida, assim deixando os dias que se seguiriam após aquele não sendo mais os mesmos.


Disseram que ia acabar antes do Natal. Só não disseram qual Natal.




Todos diziam que a guerra terminaria antes do Natal, mas muitos questionavam a ideia esperançosa.


Após a ida do pai para a guerra sua mãe precisou trabalhar ainda mais como enfermeira e serviços por fora onde lavava muitas roupas por trocados, apesar do esforço a comida era pouca e as condições beiravam a miséria.


Alfie em meio a tudo que estava acontecendo começou a ter que se virar sozinho por conta da mãe, e com a falta do pai tudo ficava mais difícil. Preocupado com a mãe ele começa a não ir mais as aulas, que considerando a guerra não fazia mais sentido, e arruma um caixa de engraxar sapato e vai para a estação de trem trabalhar escondido para ajudá-la.


Fique onde está e então corra. John Boyne

A história dará um salto no tempo assim se passado quatro anos que seu pai foi para a guerra e não voltara e também não dera mais nenhuma notícia. Muito curioso e esperto, Alfie passa a questionar sua mãe e avo sobre o pai e como elas não lhe dão respostas concretas ele passa a achar que seu pai está morto, mas em determinado período da história Alfie achara pistas sobre o paradeiro do pai e descobrira que ele não está mais na guerra e sim em uma clínica na Inglaterra e questionara por que ele não voltara direto para sua casa? Alfie vai juntar toda a sua curiosidade, coragem e esperança para ir atrás do pai.


Os ricos tinham seus criados e lacaios, suas governantas e empregadas, os pobres não podiam pagar por esse luxo e, por isso, se sentiam bem se houvesse uma pessoa para engraxar seus sapatos. Isso dava a eles uma sensação de importância.




O autor assim como no livro “O Menino do Pijama Listrado” mostra o ponto de vista da criança muito bem assim como consegue contextualizar os acontecimentos ali presente na história, cada personagem tem um pouco da guerra em suas vidas e a história fala muito disso, a guerra e suas consequências, como homens morrendo na guerra, mulheres tendo que ir trabalhar para sustentar suas famílias, educação, saúde e bem-estar afetados.


Como o livro se passa na Primeira Guerra Mundial teve uma curiosidade que eu não sabia, algumas mulheres entregavam a objetores da guerra uma pena branca que era simbolizada entre muitos como o símbolo da covardia dos homens que se recusaram a se alistar, considerada como uma grande ofensa, pesado nÉ?


Achei uma leitura rápida e com um final que eu esperava mais, como uma das consequências do pós-guerra o livro mostra quando o pai de Alfie volta para a Inglaterra com sérios traumas psicológicos devido ao que viveu e viu na guerra. Na clínica tentando se tratar e depois de volta a sua casa com sua família os anos passam e a guerra acaba finalmente e parece que o pai de Alfie está curado, achei que faltou uma resolução mais completa do assunto sobre traumas e depressão pós-guerra.

Sobre o personagem principal, o Alfie, achei uma criança encantadora, sempre curiosa para entender o que está acontecendo astuto e inteligente, foi bem desenvolvido assim como os personagens secundários.


Se você gosta do autor e livros curtos acho que vai gostar dessa obra.

Esperam que tenham gostado da resenha e até a próxima.

Bjs da Mari!